terça-feira, 30 de setembro de 2008

O que seria poder te dizer.

Poder dizer que eu te amo
Sem sentir uma mal quimar por dentro,
Sem sentir peso algum na consciência
Seria,ao menos,errôneo.

Pode dizer te amo
E poder abraçar-te num amanhã,
Sentir-me novamente criançainocente
Seria apenas um sonho.

Poder dizer te amo
Sem obstáculo algum,
Sem gaguejar em palavras
Seria somente mentir.

Por isso é assim,
Em todas as horas eu digo sim;
À toda grande amizade,
Confusa ou não,
Que aflora dentro de um coração.

Nícholas Mendes (Puck Todd)

Um comentário:

juliana disse...

"..Pode dizer te amo
E poder abraçar-te num amanhã,
Sentir-me novamente criança inocente.."

*________*

sem comentarios sobre essa poesia..
tao curtinha mas diz tanta coisa!

Notas do autor:

Coloquemos uma coisa na nossa cabeça;
Que ainda falta muito para um final.
Afinal ninguém define um final
Sem se empenhar no começo.

O final não é sinônimo de morte,
Não é antítese de início,
Não se compara com a vida
E não significa própriamente um final.

Se por acaso seu começo é fraco
E ainda teme um final,
Simples
Viva sempre no meio;
Pois é ai que você pensa que o livro não tem fim.

Nícholas Mendes (Puck Todd)

Tudo é mais do que pode parecer:

Tudo é mais do que pode parecer:
Veja as coisas com todos os olhos.