quarta-feira, 23 de julho de 2008

Quando você está longe

Sozinho,
Eu tenho a impressão de tudo estar quieto,
Sinto que o tempo não passa,
Tenho até vontade de chorar;

Tenho vontade de ler suas cartas,
Pena...
Nunca recebi uma.

Mas já recebi um presente,
Bem bobo,
Mas um presente;
E presente agente não esquece,
Nem mesmo recusa.

E é nele que eu procuro respostas,
Onde procuro te encontar,
É nele que eu fico perto de você.

Sabe...,
Essa dor que eu sinto,
Pode ser saudade,
Pode ser insegurança,
Ansiedade,culpa,
Simplesmente infelicidade.

Só queria,
Por agora,
Ter certeza.

Da sua escolha,
Das suas palavra;
Pensadas tão longe de mim.

Nícholas Mendes. (Puck Todd)

2 comentários:

Iago disse...

Olá. Desculpe a demora em comentar. Mais uma vez me encontro diante de uma obra-prima e fico quase sem palavras para elogiá-la. Eu sempre me impressiono como você consegue fisgar a gente nos envolver de forma tão forte. Os sentimentos do seu eu-lírico, majestosamente expressados, são como as ondas do mar, que nos levam e nos tomam por completo. Isso, sem dúvida, é uma característica de um poeta não apenas com domínio da técnica (coisa que você tem e muito), mas também com uma dedicação extrema, que não hesita em escrever do mais profundo âmago. Acho que consegui, humildemente, retratar sua grandeza aqui. Mais uma vez parabéns e muito obrigado por continuar nos presenteando com sua poesia. Até mais.

juliana disse...

ahh Nih!..vc anda trsite..nao gosto disso!

..mas até trsite suas poesias são lindas viu!

só vc mesmo em Nih!

amo!

Notas do autor:

Coloquemos uma coisa na nossa cabeça;
Que ainda falta muito para um final.
Afinal ninguém define um final
Sem se empenhar no começo.

O final não é sinônimo de morte,
Não é antítese de início,
Não se compara com a vida
E não significa própriamente um final.

Se por acaso seu começo é fraco
E ainda teme um final,
Simples
Viva sempre no meio;
Pois é ai que você pensa que o livro não tem fim.

Nícholas Mendes (Puck Todd)

Tudo é mais do que pode parecer:

Tudo é mais do que pode parecer:
Veja as coisas com todos os olhos.