terça-feira, 14 de outubro de 2008

Conflitos interiores da caixola.

Queria poder acreditar
Que as lágrimas que eu derramo
Vão se tornar,num dia,um rio
Que te trará de volta.

Ah...
Infame e sonhador
atraente e incoveniente
Sonho de criança.

Será que existe algum modo
De reviver os bons momentos?
De rever os amores partidos?
De não enlouquecer com tantos sussuros passados?

Eu acho que não,
Os Fantasmas não são tão generosos.

Mas talvez haja
E seja aquilo que os homens chamam de morte.

Acho que é por isso que estou sentado
Num quarto sozinho,
Com canetas e papéis,
Suspirando os desejos,
Secando as lágrimas;
Porque eu acredito.

E quando a morte bater três vezes na porta,
Pedir licença para entrar,
E entrar
Eu vou estar sorrindo para ela.

Assim eu acho que vou,
Pelo menos,
Rever os bons momentos
Rever os amores partidos,
Os que vão ficar também,
E talvez eu não precise enlouquecer com os sussuros.

Não,eu acredito.

Nícholas Mendes. (Puck Todd)

14 comentários:

aaa se eu pudesse voar.. disse...

vc sabe q é o melhor escritor q eu conheço né?
conta comigo, pra sempre, pra tudo!
;**

emilly disse...

talvez do que você realmente precise não esteje com você agóra, mas vai estar, tudo em seu tempo tudo em seu lugar. Pare de chorar de se trancar em um quarto sem fundamentos apenas memórias, isso nãofaz muito bem. Deixe as lembranças pra depois. Nada que te impéça de guarda-las em palavras, mas por alguns momentos esqueça élas, élas são passado, porisso são memórias. Não é bronca, é carinho, é pro bem! adoro suas poesias (L)

juliana disse...

muito boa Nih..
puts..nem sei o que dizer!
pra mim..essa é a melhor de muitas que ja escreveu!
*_*

eu amei!parabéns!

Thais disse...

Hey NicH...
amei a poesia,muuuito lindaaaa
vc escreve muito bem ^^ gostei mesmo!
Bjao!

Felipe disse...

Meu muito lol essa
é muito fera conhece alguem q escreve bem . . .
PARABENSSSS

Le fils de la mort disse...

É engraçado como seus melhores poemas têm a incrível capacidade de serem os mais difíceis de se comentar. Isso, obviamente, é uma característica de toda obra-prima, pois sempre tem-se medo de o comentário não corresponder devidamente à sua grandiosidade - coisa que na maioria das vezes acontece. Mas, enfim, me lanço ao desafio. Nesse poema, você explora principalmente as imagens, por meio de descrições completas, não sendo por isso enfadonhas. Você consegue, com uma simplicidade contagiante, falar de um tema deveras espinhoso - a morte - sem usar lugares-comuns como o macabro e a melancolia. Pode-se dizer que você trata a morte de um ponto de vista totalmente despido de preconceitos e exageros, ou seja, você a vê através dos olhos de um poeta, sinal, sem dúvida, de grande amadurecimento, pois percebe-se que você já incorporou-se à poesia, juntamente com todo o maravilhoso mundo por ela oferecida. Acho que já falei demais e, para não aborrecê-lo, despeço-me com meus mais sinceros parabéns, desejando-lhe muito sucesso na carreira que certamente você terá. Até o próximo post.

jessica disse...

talvez a morte é qm da as respostas q mais procuramos para a vida... qm sabe? um dia nós vamso discubrir... "ela" não é sinonimo de medo ou d etristeza, e sim de aceitação.. pois quando ela leva alguém.. soh nos basta acreditar q essa pessoa vai para um lugar melhor, e ai temos q aceitar q ela esta longe, mas tbm temos q aceitar q um dia estaremos com ela denovo... um dia...

Primo como sempre tu foi maquinifico com as palavras, e tbm como sempre vc consegui transmitir a um simples papel oq é um sentimnto..

Amores do passado.. um dia voltará a tona.. :D

te amo Primão da minha vida

Rachel disse...

cara, sempre as melhores poesias né.
nossa :O
sem comentarios, concordo com o povo de cima, é bem dificil de comentar.
só uma coisa: não negue a nossa amizade quando vs escrever o seu livro e ficar famoso (y)

bjks:*
- kel

andréeia disse...

veei, to com a keels :]
parabéens.


bgs, bgs :*

Vanessa disse...

entao neh ...eu preciso dizer q apesar de ta bem brava com vc ..ahuahuahu.q eu amo as tuas poesias,tanto eh q ja ti pidi pra por no meu perfil uma delas.
nao preciso fika aki escrevendo oq eu acho o tal ..mas vc sabe o teu potencial q eh mt grande i sabe oq eu acho disso pq eu falo pra vc pessoalmente ok
bejo t cuida juizo i fika com deus ..
POETAAAA kerido

Jéssica Miwa disse...

Ah, Nih, que lindooo, que profundo!!
Com certeza o melhor poeta que jaa vi!!

*-*

aindaa vou estar do seu ladoo no lançamento do seu livro!!

beijoo

Anônimo disse...

Niiih, tá muuuito perfeita .. suas poesias são lindas, enfim é difícil de comentar.. poucas pessoas consegue escrever num simples papel oqe é um seentimnto..
parabéens mesmo,amei! ;*

fabby disse...

menino, amei teus escritos.
sempre estarei por aqui, e valeu pelo eu comentário
beijo
;*

Ju. disse...

oown nii. *-*
o meelhor poeeta,
o melhor amiigo,
o cara qe me enteende.
me da conselhos,
me ajuda a entender a mim mesma.
e ver qe as coisas
boas são MUITAS,
e se a vida fosse sempre um
mar-de-rosas, eu NUNCA
conseguiria enxergar isso.
te adoro Ni.

<3

Notas do autor:

Coloquemos uma coisa na nossa cabeça;
Que ainda falta muito para um final.
Afinal ninguém define um final
Sem se empenhar no começo.

O final não é sinônimo de morte,
Não é antítese de início,
Não se compara com a vida
E não significa própriamente um final.

Se por acaso seu começo é fraco
E ainda teme um final,
Simples
Viva sempre no meio;
Pois é ai que você pensa que o livro não tem fim.

Nícholas Mendes (Puck Todd)

Tudo é mais do que pode parecer:

Tudo é mais do que pode parecer:
Veja as coisas com todos os olhos.