quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Mito

Maldito seja o ditador
Que um dia gritou aos quatro ventos
Que se deve ser um tanto idoso
Para produzir alguns versos estupendos.

Pobre...
Talvez fosse um Sábio
Que se despedia de uma flor;
Pobre...

Antes fosse diferente...
Fosse uma Criança feliz e inocente
Que amou à um outro coração;
Antes fosse...

Nícholas Mendes (Puck Todd)

Um comentário:

Fernando Neves [ KroSS ] disse...

Pobre, pobre pessoa minha a ler esses versos tão ricos. Poema de efeito. Muito efeito.

Ouvi uma vez que os poemas com poucas palavras sãos o que tem mais significados.

Curti.

Notas do autor:

Coloquemos uma coisa na nossa cabeça;
Que ainda falta muito para um final.
Afinal ninguém define um final
Sem se empenhar no começo.

O final não é sinônimo de morte,
Não é antítese de início,
Não se compara com a vida
E não significa própriamente um final.

Se por acaso seu começo é fraco
E ainda teme um final,
Simples
Viva sempre no meio;
Pois é ai que você pensa que o livro não tem fim.

Nícholas Mendes (Puck Todd)

Tudo é mais do que pode parecer:

Tudo é mais do que pode parecer:
Veja as coisas com todos os olhos.