sábado, 6 de março de 2010

Dos defeitos, a liberdade.

Liberdade
De ter na cabeça
A droga, Imaginação;
Essa que em mim
Se desfaz em criatividade
E alegria pura
Que me prende
Em liberdade mútua.

Nícholas Osório Mendes (Puck Todd)

Um comentário:

Natalia disse...

"Eu escrevo sem esperança de que o que eu escrevo altere qualquer coisa. Não altera em nada… Porque no fundo a gente não está querendo alterar as coisas. A gente está querendo desabrochar de um modo ou de outro…” (LISPECTOR, C.)

Notas do autor:

Coloquemos uma coisa na nossa cabeça;
Que ainda falta muito para um final.
Afinal ninguém define um final
Sem se empenhar no começo.

O final não é sinônimo de morte,
Não é antítese de início,
Não se compara com a vida
E não significa própriamente um final.

Se por acaso seu começo é fraco
E ainda teme um final,
Simples
Viva sempre no meio;
Pois é ai que você pensa que o livro não tem fim.

Nícholas Mendes (Puck Todd)

Tudo é mais do que pode parecer:

Tudo é mais do que pode parecer:
Veja as coisas com todos os olhos.