quinta-feira, 30 de abril de 2009

Já na idade.

Três tigres tragaram tristes os seus cigarros,
Travaram trabalhos traçados e decorados.

Sabiam da morte e da solidão,
Conheciam o ser jovem e o coração.

Eram três tigres travados e tristes;
Três tigres, de bengala, trancados na velhice.

Nícholas Mendes. (Puck Todd)

3 comentários:

Gabriela T. disse...

é o mais original e triste que leio seu há tempos. eu adorei! como ousa falar que te falta inspiração?

corte-lhe a cabeça!!!

Le fils de la mort disse...

Perfeito, genial, incrível, maravilhoso, estupendo, fenomenal etc etc etc.

Desculpe-me mas hoje só vou ficar nos elogios mesmo, são os únicos capazes de expressar tudo o que esse seu poema representa.

Meu é muito bom! Sem mais palavras, que senão estraga XD

Flw, até mais!

P.S.: acho que tô precisando da sua ajuda pruns rolos aí, quando der manda msg (9707-1555) ou entra no msn pelo amor de Deus! XP

Capitu disse...

Maravilhoso!
Você é a pessoa mais intêligente que conheço e também a mais doce!!!
Beijoss
Saudades Bentinho

Notas do autor:

Coloquemos uma coisa na nossa cabeça;
Que ainda falta muito para um final.
Afinal ninguém define um final
Sem se empenhar no começo.

O final não é sinônimo de morte,
Não é antítese de início,
Não se compara com a vida
E não significa própriamente um final.

Se por acaso seu começo é fraco
E ainda teme um final,
Simples
Viva sempre no meio;
Pois é ai que você pensa que o livro não tem fim.

Nícholas Mendes (Puck Todd)

Tudo é mais do que pode parecer:

Tudo é mais do que pode parecer:
Veja as coisas com todos os olhos.